O PROJETO!

  Cerâmica, Terapia e Oficinas Criativas!


Artedemão é um projeto de aulas, oficinas e terapia através da arte da cerâmica. No trabalho com as mãos, a argila torna-se uma ferramenta de integração psíquica, despertar criativo e sensorial.O projeto é itinerante. Levamos a cerâmica até seu espaço! 
Contato: artedemao@gmail.com
Maíra Andrade (11) 993395536

  



Aulas de Cerâmica como recurso Terapêutico e Criativo

Objetivo: utilizar a arte da cerâmica como recurso terapêutico e no despertar criativo.

Justificativa: O trabalho com a argila através de oficinas de cerâmica favorece o contato com a subjetividade e o potencial criativo do aluno.
Todo o processo de criação representa em sua origem, tentativas de estruturação e experimentação. Ao transportarmos nossas experiências para a matéria, transformamos o processo artístico em veículo de a integração psíquica.
Para concretizar do processo, instrumentalizamos os alunos com as técnicas de modelagem em cerâmica.
O sujeito transforma suas questões em contornos. Esse contato com a matéria instaura uma nova dimensão consciencial. O objeto "argila" transforma-se em continente das projeções e desejos de quem a modela.

Público Alvo: Todas as idades (crianças a partir de 5 anos).
As oficinas são itinerantes. (Trabalhamos em escolas, instituições, hospitais, abrigos, atendimento domiciliar etc.)



Oficina de cerâmica para pessoas com deficiência intelectual e da saúde mental.

Por via das diferentes manifestações artísticas, indivíduos com ou sem deficiência experimentam novas maneiras de expressar sua individualidade. Tais experiências permitem uma maior autonomia e a resignificação de suas experiências.

 Trabalhar com as mãos auxilia na sensibilidade táctil, cognitiva e expressão da criatividade, alem de proporcionar mudanças na subjetividade do sujeito. 

A arte, enquanto conjunto de diferentes expressões, é considerado cada vez mais como um importante veículo na integração social de pessoas portadoras de deficiências ou provenientes de meios socioeconômicos desfavorecidos. A oficina tem o objetivo de acolher este público, trabalhando questões referentes às suas realidades. Através da linguagem artística abre-se uma possibilidade para expressão subjetiva, despertar criativo, desenvolvimento cognitivo e socialização.

A oficina não visa somente o produto final, mas sim, o processo que vai desde o momento do toque na massa, da forma, onde questões internas podem ser discutidas, revistas e modeladas na argila. Neste contexto, o profissional tem como objetivo dar continente as experiências presentes no processo criativo. Para tais procedimentos, faz-se fundamental todo um domínio da técnica a ser utilizada, assim como o conhecimento de elementos teóricos que lhe permitam observar cada indivíduo de um ponto de vista funcional.
"O trabalho da educação especial, junto aos portadores de deficiência mental, tem um papel preponderante no processo de socialização, favorecendo atividades significativas para que esses alunos sejam capazes de interagir com seus pares e com o mundo ao seu redor, inferindo sobre suas vidas e conquistando sua autonomia.Buscando formar um ser humano autônomo a arte - educação inclusiva permite que os indivíduos se expressem, socializando seu universo interior, que pode ser partilhado com todos. A partir da aceitação de suas potencialidades é que o aluno com necessidades especiais poderá encontrar seu espaço de identificação por meio da arte. A arte está presente na vida de todos e, no caso dos alunos com necessidades especiais, assume um papel importante na formação de sua personalidade, como ser social, uma vez que torna-se um veículo de comunicação entre as pessoas. A arte facilita o desenvolvimento global do aluno, trabalhando emoções e habilidades, promovendo sua socialização e, em alguns casos, propiciando a inserção social e profissional desse aluno". 

O Processo

Respeitar o tempo de aprendizado de cada aluno.
Trabalhar a sensibilidade táctil :o toque na massa , as sensações que a argila desperta.
Na modelagem, colocar a mão sobre a do aluno levando-o na formação da peça até deixa-lo seguro para seguir sozinho,respeitando seu tempo interno de aprender.
Na aventura solitária diante da argila, o profissional é o suporte, dando segurança para que o aluno experimente. Mesmo que a peça furar, rachar ou secar, o aluno entende, com o tempo, que é possível recomeçar.





Oficina Coversas e Esculturas

Trabalhamos com temas sugeridos pelo grupo através da troca de experiências e expressão artística. 


A Cerâmica vai à Escola

O objetivo da oficina é ensinar para a criançada a história da cerâmica de uma forma lúdica.

. como o barro se transforma em cerâmica
. a modelagem e as técnicas (rolinho, cumbuca e placa)
. a roda do oleiro


 


Oficina Geração de Renda

Esta oficina tem por objetivo ensinar o oficio da cerâmica auxiliando publicos menos favorecidos uma renda auxiliar. Este projeto é direcionado a instituições que estejam interessadas em oferecer oficinas profissionalizantes. Alem da renda auxiliar, o programa trabalha questões que norteiam a vida da população carente.




Cerâmica, criação e terapia para crianças

Crianças observam e atuam no mundo através da curiosidade, sem padrões determinados. É importante que nós valorizemos essa atitude investigadora para que elas possam descobrir o mundo e recriá-lo a sua maneira.
A argila, como instrumento artístico, auxilia o desenvolvimento cognitivo e na expressão do mundo interno da criança. Nessa aventura o barro é o principal protagonista, propiciando que a criança dê asas à sua imaginação.
O objetivo da oficina é ensinar as técnicas cerâmicas favorecendo a criatividade e utilizando a estimulação sensorial no desenvolvimento das capacidades cognitivas, terapêuticas e educacionais.
 


Peças confeccionadas pelas crianças!